« [_] | Main | Garota »
Quarta-feira
dez072011

Onze por cento

Onze por cento de energia é o que ainda te resta. Onze, dez mais um: seria ótimo se fosse a nota da tua prova no colégio, nota dez mais um ponto extra. Mas no resto da tua vida todinha não vai ser assim, não vai ter nota dez e ponto extra muito menos, vai ser sempre a busca atrás da procura e o tempo indo embora, gostinho de chiclete murcho com álcool e desespero. O onze por cento já virou nove, e nove ainda seria uma nota muito boa, ainda um A. Mas não tem A nem B nem C, quem dera o D ou mesmo o E, é só areia escorrendo até o Z. Teu tempo já era, meu irmão. Se te dizem: só te resta nove por cento da tua vida, o que fazer? E se não tens nem quarenta anos, calcula, vai. É pouco. O suficiente pra passar dos quarenta, e só. Talvez. Talvez só.

Sete por cento, daqui a pouco hiberna, desliga, apaga. Hora de parar.

Reader Comments (2)

Gostei muito mesmo desse texto. Tem um estilo ótimo, ágil e profundo ao mesmo tempo. Cem por cento.

Dezembro 7, 2011 | Unregistered CommenterAlexandre Mandarino

Lelezita é 1.000 por cento mais 2 de A a Z!!!!!!!!!!!!! Eu adooooooooooooooooooro os seus textos :))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))***********

Junho 6, 2012 | Unregistered CommenterNatacha

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
Some HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>