« 3 letras, feitas há uns 5 anos ou 7,22 dias | Main | Glass Grapes »
Sábado
Jun212008

Alvo

Responder é o azar
De se perguntar
Realizar é o azar
Do desejo
E azar o meu
Quando eu te vejo

Minha carne exposta
Em uma pergunta
A tua resposta
E o desafio de esquecer

Mergulhei no rio Letes
Nadei em suas correntes
Bebi adagas
Dancei em facas
De salto agulha
Cheirei giletes
Comi navalhas
Ao molho ferrugem
Com um antiácido
Pra digerir

Mergulhei no Letes
Um rio nunca é
Do mesmo sangue
Um riso nunca é
Do mesmo gozo
Um espelho nunca é
Da mesma imagem
E o amor eterno nunca é
Do mesmo alvo

Veio outra flecha
Em outra imagem
Eu te esqueci
Virou bobagem

Mas o passado está
Em um lindo aquário congelado
Em um armário a sete chaves
Sete quedas sete vidas
Em que eu te amei

Reader Comments

There are no comments for this journal entry. To create a new comment, use the form below.

PostPost a New Comment

Enter your information below to add a new comment.

My response is on my own website »
Author Email (optional):
Author URL (optional):
Post:
 
Some HTML allowed: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <code> <em> <i> <strike> <strong>